terça-feira, dezembro 30, 2008

Lido e recomendado.



Entre o romance e o policial, Duras explora o paradoxo do valor do discurso: a loucura ou a lucidez, a realidade ou a ilusão.

Post Script - Não sei já vos tinha impingido a Marguerite Duras, mas é uma das minhas autoras mais queridas. Moderato Cantabile, Textos Secretos e Hiroshima, Meu amor são os meus preferidos. Recomendo vivamente.

Sem comentários: