quinta-feira, maio 29, 2008

º Notre Musique. Mahmoud Darwish e Judith Lerner º



Para mim, uma das cenas mais belas de sempre do cinema de Godart. Ainda choro ao revê-la.
Decidi partilhar.

2 comentários:

Oscar disse...

As tuas asas eléctricas! Ler-te me faz tão bem, mulher! Deixaste-me no topo do vulcão, sozinho, à espera de umanova erupção.

Im.no.lady disse...

Há dias em que vale a pena continuar a escrever só porque tu existes, meu amigo.
Um abraço.