terça-feira, fevereiro 26, 2008

º A solução para os seus problemas! º

Photobucket

3 comentários:

Anónimo disse...

Professora Vanduska, sofro muito de "uns nervos" por causa da falta de amor e do abandono. Soube por uma amiga minha, Angelina Jolly, que é cabeleireira lá pelas bandas da Rinchoa, que a professora é muito boa e traz amor perdido em três dias! O meu nego me deixou por causa de uma magricela do Bairro Alto, que dizem ser artista e dj. O que devo fazer, professora Vanduska? Ando muito angustiada e perdida. Assinada: "Abandonada de Mem Martins"

Anónimo disse...

Dra. Vanduska, peço imensas desculpas pelo incómodo em ter de lhe incomodar aqui neste seu espaço, mas é que eu ando bué nervosa e já não sei a quem mais reccorrer para resolver o meu problema. Vou resumir a minha triste história. Sou casada, e muito bem casada, coisa que agradeço à nossa Senhora e ao pai eterno, mas cometi um "deslize", coisa que julguei ser sem importância na época. Tive um tórrido romance com o mecânico que trabalha em frente da minha casa. O meu marido nunca soube porque eu não sou dessas que andam a alardear as suas conquistas por aí. Mas Dra, estou grávida! E tenho quase a certeza (todas nós sabemos, não é?) que o pai da crinaça que cresce no meu ventre é o mecânico! A mim não teria problema, mas eu e meu marido somos brancos, e o mecânico veio da Guiné. O que devo fazer, Dra. Vanduska? Não posso abortar porque isso é pecado e não agradaria à nossa Senhora. Já vou para o quarto mês, e não contei nada ao meu marido. Sou tão infeliz! Assinada: Desamparada e Ranholas"

Im.no.lady disse...

Querida "Abandonada de Mem Martins":
A resposta aos seus problemas é mais simples do que parece. Se tem uma amiga que é a Angelina Jolie, do que é que está à espera para lhe saltar para cima? Fica muito melhor servida do que o seu nego com a tal magricelas Dj do Bairro Alto - que dessa já ouvi falar e é da pior espécie que há.
Na volta o seu nego vai ficar com a ciumeira e ainda volta para si. Conclusão: fica com os dois que é diversão a dobrar.
Viu?