domingo, setembro 30, 2007

º O vestido vermelho º

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Será tudo como te disse. Não haverá pátria nem chuva este Inverno. Só um céu assombroso sobre o teu vestido vermelho. Entre as paredes trarás desejos furtivos de cocaína e pirilampos, e luzes pequenas que te fazem esquecer a noite. Haverá frutos e madeiras exóticas, candeeiros quentes e mármore, árvores partidas ao meio, mas não, não haverá pátria. Não haverá perguntas ou desejo, nem uma fita calcinada sobre o ombro. Haverá apenas o vestido vermelho sustentando o teu corpo como um esqueleto, o teu corpo azul que não tem nome nem rosto.

Sem comentários: