quinta-feira, julho 20, 2006

º Um pardal bébé à porta de casa º

Photobucket - Video and Image Hosting
Encontrei um pardal bébé à minha porta. Olhando à volta suponho que tenha caido de um ninho no telhado do prédio. Trouxe-o para casa. Fiz-lhe um ninho. Fiz uma pesquisa na internet: "feed baby sparrow" e encontrei o método para tratar e alimentar o pequenino benjamim pardal (a internet é um mundo). Uma mistura de ração proteica e vitaminas para aves, com cálcio desse que se vende aí em tabletes, ovo e pasta de maça é o ideal para a sua dieta. E alimentá-lo de 2 em 2 horas. E mantê-lo quente. A possibilidade de sobrevivência de uma ave bébé em cativeiro é quase nula, dizem os especialistas. Fico um pouco desanimada. Não se perde nada em tentar, anyway.
Chamei-lhe Sebastião, tem entre 2 e 4 semanas e é o meu mais recente amor.

1 comentário:

Oscar disse...

Bem-vindo ao Mundo Sebastião, este lugar a que chamamos mundo não é muito bonito. Mas, tiveste sorte, toda a sorte do mundo em encontrar alguém que declara o seu amor por ti. Bem-vindo ao Mundo duas vezes, Sebastião, porque não eras somente esperado, és amado, "Wallah!"