quinta-feira, janeiro 19, 2006

º O que fazes com o que fizemos º

Podes ignorar-me. Esquecer-me. Criticar-me. Responsabilizar-me. Podes contar a história como queiras, omitir o que te convier. Podes esconder o que quiseres. Dizer que fui eu. Só eu.
Já não me importa o que fazes com o que fizemos.

Sem comentários: