segunda-feira, janeiro 30, 2006

O meu coração é um satélite fora de órbita, qual naúfrago perdido no espaço.

Sem comentários: