terça-feira, novembro 22, 2005

Paz sem voz não é paz: É medo.

Sem comentários: