sexta-feira, novembro 04, 2005

º Meu nome é... º

Olá,
meu nome é paixão
venho visitar-te às escondidas
devagarinho para que não dês por mim
a tactear devagar até às tuas costas e
abraçar-te assim
da cintura à curva do pescoço e
à extremidade de tuas mãos

vou sussurar-te
que meu nome é paixão e
vim ver-te pela madrugada
para te trazer insónia
daquela que não diz o nome
tu sabes
que se te aperto no regaço
transbordas

meu nome é paixão
meu nome é paixão
meu nome
É
paixão

Sem comentários: