domingo, outubro 02, 2005

º Fragmento VI º

Fumas os teus cigarros, curtos e duros, com essa tua melancolia azul e infinita de sentir a beleza. Qual criança que se perdeu da mãe, filha trágica de um abandono que é só teu.

1 comentário:

lifextension disse...

gostei... deste e de outros...