domingo, outubro 02, 2005

º Fragmento IV º

Encontrei no bolso de um casaco velho um recibo de restaurante. Pela data sei que foi daquele dia em que me apaixonei por ti. Ontem tirei um recibo do bolso das calças. É a conta dos dias que passei contigo. O montante parece-me inintelígivel e o vencimento não tem data marcada.

Sem comentários: