domingo, agosto 14, 2005

º Cada vez mais aqui º

"E praquê fingir? E porquê mentir? E remar na dor? Achas que ninguém vê?
Também eu queria parar, chorar, cair, para me levantar, para te puxar, te fazer sorrir, não voltar a cair...
Não me olhes assim, continuo a ser quem fui, cada vez mais aqui.
Não dances tão longe que eu já te vi..."
Toranja

Sem comentários: