quarta-feira, julho 06, 2005

º Sem comentários º

Uma anedota tão boa, não fora ser verdade.

Sem comentários: